Mais Justiça, Menos Desigualdades

As desigualdades foram escancaradas de vez em 2020

O ano de 2020 foi de muita incerteza e insegurança para a maioria das pessoas, devido à pandemia de coronavírus. Conheça um pouco do que fizemos ao longo do ano para enfrentar o problema e as soluções propostas.

21/12/2020 Tempo de leitura: 2 minutos
 

A pandemia de covid-19 evidenciou o abismo social que impacta a vida de milhões e nós, da Oxfam Brasil, estivemos sempre na linha de frente enfrentando o problema e propondo soluções.

Foi um ano difícil para todas e todos, de muita insegurança, dor, incertezas e desafios. Mas também de muita luta, resiliência e vontade de superar os obstáculos. Veja o vídeo com algumas de nossas ações ao longo do ano:

Em Davos, encontro que reúne todos os anos na cidade Suíça as pessoas mais poderosas do mundo, alertamos para a crescente concentração de riqueza no mundo. Destacamos, como o relatório Tempo de Cuidar, a importância do trabalho de cuidado exercido por milhões de mulheres, e que não é devidamente valorizado.

No Brasil, fomos ao Supremo Tribunal Federal (STF) para exigir que o sistema tributário cumpra a Constituição e seja fator de redução de desigualdades. Quem tem mais riqueza, tem que pagar mais impostos. A conta não pode ficar com os que estão em situação de maior vulnerabilidade.

Com o aumento de casos e mortes por covid-19, procuramos soluções para proteger quem mais precisava. Lançamos no início do ano uma ação humanitária emergencial para ajudar jovens e suas famílias em quatro grandes cidades brasileiras – Recife, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Convidamos diversos especialistas para participarem de nossas ‘lives’ e discutirem as desigualdades em tempos de covid-19.

Ao longo do ano, produzimos relatórios sobre o impacto da pandemia sobre a sociedade que mostraram como os super ricos lucraram com a crise, enquanto milhões de pessoas perdiam emprego e renda.

Mesmo durante a pandemia, nosso trabalho humanitário não foi interrompido. Estivemos sempre ao lado de quem mais precisava.

Também continuamos nosso trabalho de expor a realidade de quem planta e colhe nossa comida, seguimos fortalecendo jovens e coletivos de periferias e favelas do país, e nas eleições municipais, reforçamos a importância de termos uma maior representatividade feminina e negra na política brasileira.

O ano de 2020 foi de muita dúvida e insegurança para todas e todos. Para 2021, temos uma grande certeza: continuaremos na luta por uma sociedade mais justa e menos desigual.

Contamos com você!

Apoie a Oxfam Brasil!

imagem do banner
Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.