Mais Justiça, Menos Desigualdades

Blog



Importância da diversidade: a representatividade na sociedade

29/06/2021 Tempo de leitura: 3 minutos
 

Diversidade é qualidade do que é diverso, um conjunto variado de coisas ou pessoas que integram um todo. A importância da diversidade está intrínseca em nosso dia a dia. É na multiplicidade que encontramos oportunidades de aprendizagem e da prática de habilidades diferenciadas: empatia, inteligência emocional e compreensão.

O brasileiro experimenta a diversidade em sua rotina diariamente. Nossa população é etnicamente diversa à custa de muito sofrimento: dizimação de povos indígenas, colonização dos portugueses, escravidão e imigração europeia e asiática.

Todos esses fatos históricos contribuíram para a criação de um sincretismo religioso e cultural pelo qual deveríamos nos orgulhar. Porém, infelizmente, nossa dívida social fomenta a indiferença, o preconceito, o racismo e até a xenofobia.

Neste artigo, ressaltamos a importância da diversidade e os motivos pelos quais precisamos combater as mazelas que assolam a convivência harmônica entre os povos integrantes da nossa sociedade. Vamos lá?

A diversidade está em todos os espaços?

Conforme dito anteriormente, o Brasil é um país miscigenado com costumes, hábitos, culinária e crenças diversas que atestam a riqueza do povo.

Entretanto, a diversidade da cultura brasileira também evidencia o que há de pior no ser humano, sentimentos baseados na falta de empatia e compreensão, mazelas sociais, elitismo e preconceito.

Grande parcela da população desconhece os elementos culturais que integram as vivências de um povo. Essa falta de conhecimento inibe a ressignificação da diversidade como um fator que agrega valor, e não como mais uma forma de apartar pessoas do convívio coletivo.

Na Antropologia, alguns pensadores já tentaram formular teorias para justificar o injustificável: a elevação de alguns povos, classificados como superiores, em detrimento de etnias consideradas inferiores em função do seu fenótipo ou de suas manifestações culturais.

A subjugação pela qualidade de estar fora do “comum” foi explicada, por exemplo, pelo darwinismo social, teoria combatida posteriormente pelo estruturalismo de Claude Lévi-Strauss.

Felizmente, hoje a multiplicidade é mais evidente do que antes. Diferentes etnias ocupam lugares que em um contexto histórico seria impossível: em âmbito corporativo e político, nos sistemas de comunicação e afins.

Entretanto, essa presença é insignificante se compararmos à situação ideal e, por isso, precisamos ressaltar diariamente a importância da diversidade em nossa sociedade.

Afinal, qual a importância da diversidade?

Veja a seguir, a importância da diversidade para a nossa evolução como sociedade.

Representatividade

A representatividade étnica e cultural em um contexto social, seja no local de trabalho, seja na política ou televisão, é um fator imprescindível para combater o medo que muitos de nós sentimos do novo.

Quando crianças, recebemos imposições limitantes que muitas vezes ensinam de forma errada o que podemos ser ou fazer. Com a representatividade e o reconhecimento de que as diferenças engrandecem, as pessoas são encorajadas a lutar para ocupar o seu lugar de direito.

Criatividade

Conviver com culturas diferentes é um aprendizado constante e único, que exige adaptação, respeito e compreensão. O ato também favorece a criatividade e o “pensar fora da caixa”, uma vez que mantemos contato constante com novas perspectivas de um mesmo elemento.

Inclusão

Compreender, aceitar e valorizar as diferenças é parte do processo de inclusão. A inclusão é possível em um ambiente múltiplo, baseado na convivência entre pessoas de diferentes condições, pensamentos e características.

Inovação

A multiplicidade das equipes também favorece a inovação. Times de trabalho diversificados tendem a criar uma visão mais abrangente, da mesma forma como acontece com a criatividade. Várias perspectivas de um todo permitem um brainstorming cultural, que viabiliza o surgimento de novas ideias.

Em ambientes engessados e pouco diversos, dificilmente essas ideias seriam consideradas, visto que nossas experiências individuais moldam nossas perspectivas. Como cada pessoa tem uma vivência única, baseada em uma bagagem cultural, interpretações e decisões, isso contribui para demonstrar a importância da diversidade no trabalho.

A diversidade está em nosso cotidiano em todos os espaços. Isso significa vivenciar tradições, aprender novas habilidades, ter uma visão mais ampla e menos egoísta de nós mesmos para edificação de uma sociedade mais justa.

Essa é a importância da diversidade: proporcionar a oportunidade de reforçar o nosso desenvolvimento como sociedade. Evidentemente, vivemos em um mundo formado por etnias com suas especificidades, mas todos com os mesmos direitos e deveres, baseados em uma condição única de Ser Humano.

Agora que você sabe a importância da diversidade em nossa sociedade, que tal compartilhar este artigo em suas redes sociais? Assim, é possível ajudar outras pessoas a compreenderem a necessidade da valorização das diferenças.

Categoria:

Desigualdade social e econômica

Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil


Deixe um comentário


A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.