Mais Justiça, Menos Desigualdades

Blog



Agora São Paulo: Número de candidatas negras ao cargo de vereadora dobra em São Paulo

08/11/2020 Tempo de leitura: 1 minuto
 

As eleições municipais de 2020 contam com quase o dobro de candidaturas de mulheres negras em São Paulo do que o pleito realizado em 2016, informa o jornal Agora São Paulo. Este ano, são 250 candidatas negras, contra 132 de 2016 – e apenas duas delas foram eleitas à época.

A falta de representatividade política das mjulheres negras é um evidente indício do racismo estrutural que existe no país. A reportagem, publicada neste sábado (7/11), conta com entrevistas de diversas candidatas negras e de Tauá Pires, coordenadora da área de Juventudes, Raça e Gênero da Oxfam Brasil. Para Tauá, o que acontece em São Paulo é um reflexo do que ocorre no restante do país.

Baixa representatividade da mulher negra na política

“A gente tem uma baixa representatividade [na política brasileira]. A gente não tem nem 3% de mulheres negras no parlamento, enquanto as mulheres negras são 27% da sociedade.”

Tauá Pires destaca a importância de os representantes políticos da cidade e do país expressem a complexidade da sociedade como um todo. Segundo ela, quando mulheres negras estão nos espaços políticos, conseguem pensar políticas públicas para esse grupo.

Leia aqui a íntegra da reportagem do jornal Agora São Paulo.

Categoria:

Democracia e Desigualdades

Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil


Deixe um comentário


A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.