EMERGÊNCIA COVID-19: sua solidariedade protege famílias

Terrenos da desigualdade: Terra, agricultura e desigualdade no Brasil rural

30/11/2016 Tempo de leitura: 1 minuto

A desigualdade extrema tem múltiplas origens e traz sérias consequências negativas para a garantia de direitos e o desenvolvimento sustentável. Entre suas causas estruturais está a concentração da terra, um fator de preocupação na América Latina e, em especial, no Brasil. A concentração da terra está ligada ao êxodo rural, à captura de recursos naturais e bens comuns, à degradação do meio ambiente e à formação de uma poderosa elite associada a um modelo agrícola baseado no latifúndio de monocultivo, voltado à produção de commodities para exportação e não para a produção de alimentos. É preciso reconhecer que a desigualdade é um grave e urgente problema no Brasil e que sua solução passa por transformações em suas causas estruturais.

Downloads
  • Relatório Terrenos da Desigualdade Brasil

    Para baixar o arquivo, preencha com seus dados:

""
imagem do banner

Crise COVID-19:
ajude famílias em vulnerabilidade

Doe agora
Cadastre-se
Receba nossa newsletter
 

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.