Mais Justiça, Menos Desigualdades

Super-ricos estão ainda mais ricos, aponta novo relatório mundial

E partes mais pobres da população mundial ficam cada vez mais marginalizadas

23/06/2016 Tempo de leitura: 2 minutos
 

Relatório sobre a Riqueza Mundial lançado nesta quinta-feira, 23, aponta que o cenário nunca esteve tão favorável para as pessoas mais ricas do mundo. Desde 2009, mais de 4,5 milhões de pessoas se tornaram novos milionários, alcançando o total de 15,4 milhões de milionários em todo o mundo no ano passado. Enquanto a riqueza prospera para alguns, 702 milhões de pessoas vivem em extrema pobreza, deixados à margem do sistema econômico, alerta a aliança global de organizações que lutam contra a desigualdade, que inclui ActionAid, Greenpeace, Confederação Sindical Internacional e Oxfam.

O relatório é feito há 20 anos e lançado anualmente pela empresa CapGemini. Nele, é apontado o aumento da extrema riqueza no mundo e as tendências econômicas para os chamados super-ricos – pessoas com riqueza superior a US$ 30 milhões. Segundo o novo relatório, no ano passado, o total de super-ricos chegou a 145,2 mil pessoas cujas riquezas individuais somadas alcançaram US$ 58,7 trilhões. 

A partir deste cenário, a aliança de organizações contra a desigualdade chama a atenção também para o outro extremo: atualmente, 702 milhões de pessoas estão em situação de extrema pobreza, vivendo com menos de US$ 1,90 por dia, segundo o Banco Mundial. Proporcionalmente, para cada super-rico, existem 4.800 pessoas vivendo em extrema pobreza.

Se comparada a riqueza total dos super-ricos com os países mais pobres do mundo, os extremos se evidenciam. Segundo o Banco Mundial, o PIB dos 31 países com as mais baixas rendas soma R$ 379 bilhões. Ou seja, juntos, os super-ricos concentram riquezas 150 vezes maiores que a soma do PIB dos países mais pobres do mundo.

Para as organizações membros da aliança, o relatório aponta para a desigualdade crescente em todo mundo e a distância cada vez maior que separa os super-ricos dos mais pobres. Também chamam a atenção para o fato de que, junto com a concentração de riqueza, há a concentração de poder e de influência política.

Para baixar o relatório completo sobre a riqueza mundial (em inglês), acesse https://www.worldwealthreport.com/ 

imagem do banner
Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.