EMERGÊNCIA COVID-19: sua solidariedade protege famílias

Representação pede investigação do MPF sobre falhas no combate à pandemia

Organizações da sociedade civil entraram com representação no Ministério Público Federal pedindo investigação sobre inércia do governo federal no enfrentamento da pandemia de coronavírus.

22/07/2020 Tempo de leitura: 1 minuto
 

Uma representação contra o governo federal foi apresentada nesta quarta-feira (22/7) ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas da União (TCU) contra o governo federal, pedindo investigação e adoção de medidas legais contra inúmeras situações de inércia da União no combate à pandemia de covid-19.

A representação é assinada por diversas organizações da sociedade civil brasileira: Centro Santos Dias de Direitos Humanos, pela Comissão Justiça e Paz de São Paulo (CJP-SP), Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Oxfam Brasil, Instituto Ethos, Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

“Nossa iniciativa tem como objetivo encontrar soluções para os graves impactos da pandemia no país, sobretudo nas populações mais vulneráveis”, explicou Katia Maia, diretora-executiva da Oxfam Brasil.

Leia aqui a íntegra da representação.

Alerta contra mortes evitáveis

Em maio, as doze entidades listadas abaixo divulgaram uma nota pública de alerta para a sociedade sobre a responsabilidade de autoridades pelas mortes evitáveis por Covid-19 no Brasil. Desde então, o manifesto teve dezenas de adesões e já conta com a assinatura de 200 organizações e mais de mil de cidadãos. 

Notícias Relacionadas:
imagem do banner
Cadastre-se
Receba nossa newsletter
 

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.