Mais Justiça, Menos Desigualdades

Oxfam Brasil condena censura ao portal Repórter Brasil

Nota pública sobre a censura imposta à reportagem sobre extração ilegal de ouro em terra indígena em Roraima.

22/07/2021 Tempo de leitura: 1 minuto
 

A Oxfam Brasil vê com preocupação a censura imposta por um juiz de Roraima ao portal da ONG Repórter Brasil, que foi obrigado a retirar do ar trechos de uma reportagem sobre extração ilegal de ouro em território indígena yanomami.

A sociedade civil organizada tem que ter garantido o seu direito e espaço para fazer denúncias em relação às práticas dos setores público e privado. Isso é parte essencial de uma democracia.

Decisões judiciais que silenciem organizações da sociedade civil, sem ouvi-las previamente – como foi o caso da censura imposta à reportagem “Compro tudo: ouro Yanomami é vendido livremente na rua do Ouro, em Boa Vista” – apontam para uma tendência perigosa no Brasil. Nos últimos anos, ocorreram ataques sistemáticos contra as garantias democráticas no país.

A Repórter Brasil é um parceiro de longa data da Oxfam Brasil e seu trabalho é de extrema importância para a transparência desejada por parte de instituições públicas e privadas. Nos solidarizamos com a ONG Repórter Brasil e repudiamos toda e qualquer iniciativa que tente silenciar a voz de quem denuncia atos criminosos.

imagem do banner
Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.