Mais Justiça, Menos Desigualdades

Nota pública da sociedade civil contra a violência pólitica

Mais de 70 organizações da sociedade civil, entre elas a Oxfam Brasil, pedem a contenção da escalada da violência política que ameaça o processo eleitoral e a estabilidade social do país.

12/07/2022 Tempo de leitura: 2 minutos
 

Mais de 70 organizações da sociedade civil divulgaram na noite desta segunda-feira (11/7) uma nota pública de repúdio à escalada da violência política no Brasil. As organizações afirmam é preciso conter essa violência imediatamente, sob o risco de afetar as eleições deste ano e a estabilidade social.

Os casos de violência política ocorridos até o momento “não são fenômenos isolados”, afirmam as organizações signatárias da nota. H´á uma radicalização da extrema direita no país, reforçada por uma rede de desinformação e apoiadores armados, que resulta num avanço autoritário que ameaça a democracia brasileira.

“Nas últimas semanas acompanhamos com grande preocupação ataques de radicais bolsonaristas contra militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) em comícios políticos; atentados à imprensa, incluindo um tiro contra o escritório da Folha de S.Paulo e ameaças de morte a jornalistas do Congresso em Foco; acompanhamos ainda o ataque contra o carro do juiz que determinou a prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. No último sábado (09), a escalada atingiu novos patamares com o assassinato de um militante do PT, durante o seu aniversário, por um policial penal federal. Segundo relatos da família, o assassino, Jorge José da Rocha Guaranho, invadiu o evento gritando palavras como “Bolsonaro” e “mito” enquanto alvejava o guarda civil metropolitano Marcelo Arruda.”

Trecho da nota assinada por 74 organizações da sociedade civil contra a violência política no Brasil.

As organizações convocam as lideranças político-partidárias e chefes dos Poderes da República para se posicionarem e ajudarem a frear a promoção do discurso de ódio e disseminação da violência política, especialmente neste momento pré-eleitoral.

É inaceitável que o processo eleitoral se dê sob as insígnias do medo, da violência e da intolerância e torna-se fundamental que as instituições de Estado ajam imediata e rigorosamente para impedir o crescimento da violência em curso no Brasil, afirmam as organizações na nota divulgada ontem.

Leia aqui a íntegra da nota, divulgada pelo Pacto da Democracia.

imagem do banner
Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.