Mais Justiça, Menos Desigualdades

Em discurso dissimulado, Bolsonaro apresenta na ONU um Brasil que não existe

Presidente brasileiro gastou boa parte de seu discurso na abertura da 76a. Assembleia Geral da ONU para vender um país que só existe em campanhas publicitárias.

21/09/2021 Tempo de leitura: 2 minutos
 

Em seu discurso na abertura da 76a Assembleia Geral das Nações Unidas, realizada nesta terça-feira (21/9), em Nova York (EUA), o presidente Jair Bolsonaro se mostrou, como sempre, completamente dissimulado em relação às grandes e preocupantes questões brasileiras e globais da atualidade. A única parte verdadeira do discurso do presidente brasileiro na ONU é aquela em que diz que o Brasil hoje é diferente do que vemos diariamente nos noticiários.

De fato a realidade brasileira mudou muito desde que Bolsonaro assumiu a Presidência em 1o de janeiro de 2019. A fome voltou, o desemprego disparou, a economia estagnou, o desmatamento na Amazônia e outros biomas aumentou, a discriminação e violência de gênero cresceu, o racismo se intensificou, a ameaça aos povos indígenas e quilombolas escancarou, a democracia afundou e o país, antes reconhecido mundialmente por sua eficiência e capacidade em campanhas de vacinação, se transformou em terreno fértil para o desenvolvimento de uma das maiores crises sanitárias da história, acumulando quase 600 mil mortes por covid-19. Esse é o terrível legado do governo Bolsonaro até aqui.

O presidente brasileiro gastou boa parte de seu malfadado discurso na ONU para vender um país que só existe em campanhas publicitárias oficiais. Tal qual um mascate, oferece a investidores externos oportunidades que sonega à sua população e omite a imensa crise econômica e de credibilidade de seu governo. Se vangloria de uma legislação ambiental que não respeita e sabota, tece elogios ao agronegócio por alimentar “mais de 1 bilhão de pessoas no mundo”, mas que deixa quase 20 milhões de brasileiros com fome, e esconde a destruição da floresta amazônica e constantes ameaças às populações indígenas.

O Brasil vive novos tempos, disse Bolsonaro. A questão é que essa nova realidade, baseada em falsas informações, é justamente o abismo à beira do qual o mundo teme cair.

Notícias Relacionadas:
imagem do banner
Cadastre-se
Junte-se a nós para contribuir para as mudanças que queremos na sociedade brasileira.
Cadastre-se agora para receber mais informações!
Ao se cadastrar, você concorda com a política de privacidade da Oxfam Brasil

A Oxfam Brasil utiliza cookies para melhorar a sua experiência

Ao continuar navegando na nossa página, você autoriza o uso de cookies pelo site.