Terras e Desigualdade

Menos de 1% das propriedades rurais concentram quase metade de toda a área rural do Brasil. Por outro lado, quase 50% das propriedades do país têm tamanho inferior a 10 hectares, e ocupam apenas 2,3% da área rural total. As desigualdades no acesso à terra no Brasil são gigantescas, com graves consequências para o desenvolvimento sustentável e o combate à pobreza. A má distribuição de terras e de recursos agrícolas está diretamente ligada à extrema pobreza em que se encontram milhões de brasileiros. Quanto menor a concentração de terra, melhores são os indicadores sociais.

Para reduzir as desigualdades no campo, é preciso:

1. Reformar urgentemente o acesso à terra;
2. Instituir políticas para reconhecimento e garantia dos direitos da mulher no meio rural; 
3. Proteger povos indígenas, quilombolas e outras comunidades e povos tradicionais;
4. Facilitar o acesso da agricultura familiar ao crédito agrícola e distribui-lo de maneira mais equitativa.

Doe agora

Seu apoio ajuda a mudar vidas

Cadastre-se para receber nossa newsletter