Conselho Deliberativo

Oded Grajew - Presidente

Ex-coordenador geral do programa Cidades Sustentáveis e fundador e ex-coordenador geral da Rede Nossa São Paulo (é conselheiro de ambas instituições atualmente), presidente emérito e integrante do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos, sócio-fundador do movimento Todos pela Educação, ex-assessor especial do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, idealizador do Fórum Social Mundial, membro-fundador do Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), fundador e ex-presidente da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente.

Maria Abramo Caldeira Brant - Vice-presidente

Mestre em direitos humanos pela London School of Economics and Political Science (LSE), com graduação em relações internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Maria foi editora-executiva da Sur - Revista Internacional de Direitos Humanos na Conectas Direitos Humanos, atuou como oficial de projetos na UNESCO e como pesquisadora na Human Rights Watch, além de ter trabalhado como jornalista no “O Estado de São Paulo” e “Folha de São Paulo”. Hoje é diretora do INCIDE (Instituto de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, faz parte do conselho da Associação United World Colleges do Brasil e é membro do GR-RI (Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais).

Andre Degenszajn

Andre Degenszajn é diretor presidente do Instituto Ibirapitanga, criado em 2017 pelo cineasta Walter Salles. Foi secretário-geral do Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife) entre 2013 e 2017. É bacharel e mestre em relações internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi professor de relações internacionais na Faculdade Santa Marcelina entre 2007 e 2011. Foi fundador e atualmente integra o Conselho Diretor da Conectas Direitos Humanos. É membro do Conselho Diretor da WINGS – Worldwide Initiatives for Grantmaker Support e da Oxfam Brasil.

Anna Peliano

Anna Maria Tibúrcio Medeiros Peliano é socióloga e pós-graduada em Política Social pela Universidade de Brasília (UnB). Foi Técnica de Pesquisa e Planejamento do IPEA de 1975 a 2013, elaborou e publicou trabalhos na área social tendo como foco a formulação e avaliação de políticas públicas, especialmente na área de combate à fome e à pobreza. Coordenou a realização de pesquisas na UnB e na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) entre 1987 e 1995, destacando-se as que abordam ação das organizações sem fins lucrativos e desenvolvidas com o apoio da Fundação Ford e da FLACSO. Atualmente coordena a Pesquisa Benchmarking do Investimento Social Corporativo (BISC) conduzida pela COMUNITAS e é membro do Grupo de Pesquisa de Nutrição e Pobreza do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo (USP).

Clemente Ganz Lúcio

Clemente Ganz Lúcio é sociólogo e direto técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) desde 2014. Atua também como membro da Escola Dieese de Ciências do Trabalho, do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) e do Conselho Consultivo do Tribunal de Contas da União (TCU). É comentarista da rádio Brasil Atual e da TVT, e articulista em sites, jornais e outros veículos de comunicação.

Janaina Jatobá

Janaína Jatobá é administradora e pós-graduada em Prática Social Reflexiva pelo Instituto de Filosofia de Inovação Social da Universidade Alanus, de Bonn, Alemanha. Dedicou seus 15 últimos anos profissionais ao fortalecimento das Organizações da Sociedade Civil Brasileiras (OSCs) e ao desenvolvimento do Investimento Social Privado no país. Neste período gerenciou programas de abrangência nacional na Oxfam Grã-Bretanha e no Instituto C&A. Há 10 anos é parte do Grupo Recife de Aprendizagem, onde desenvolveu a prática de ajudar o mundo a mudar a partir de formações como o “PROFIDES – Profissionais do Desenvolvimento” (Instituto Fonte) e o “Programa de Lideranças para Mudança Social na América Latina” (Presencing Institute/PNUD). Atualmente, apoia o desenvolvimento de iniciativas sociais a partir do aprimoramento da prática social das pessoas que delas fazem parte, utilizando métodos de aprendizagem inspiradas na Fenomenologia Goetheana aplicadas a área social.