comunicado

1 ano sem Marielle: mataram uma voz, levantaram milhares!

Hoje faz um ano da morte de Marielle Franco, assassinada covardemente com 13 tiros na região central do Rio de Janeiro juntamente com o motorista Anderson Pedro Gomes. A evidente execução premeditada da vereadora e ativista dos direitos humanos tinha como objetivo calar uma poderosa voz - feminista, negra, lésbica, política - mas teve o efeito contrário, fazendo surgir milhares de outras vozes, para levar adiante sua luta e suas bandeiras.

Nota da Oxfam Brasil