Oxfam no Mundo

A Oxfam foi fundada em 1942, quando um grupo de pessoas se reuniu para uma campanha de arrecadação de alimentos com o objetivo de diminuir a fome e amenizar os danos causados pela Segunda Guerra Mundial. O comitê criado em Oxford, na Inglaterra, conseguiu enviar alimentos para mulheres e crianças que passavam fome na Grécia.

Nas décadas seguintes, a Oxfam passou a atuar em outros continentes, chegando à África, Ásia e América Latina. Além do trabalho humanitário, que já desenvolvia desde 1942, passou a apoiar e implementar projetos de desenvolvimento de longo prazo e a realizar campanhas que buscam conscientizar e incentivar mudanças necessárias para a redução da pobreza e desigualdade e a promoção da justiça social.

Com o surgimento de outras Oxfams pelo Mundo, em 1995, um grupo de organizações não governamentais independentes fundou a confederação Oxfam Internacional, buscando trabalhar em conjunto para impactar mais pessoas na busca pela redução da pobreza, da desigualdade e das injustiças.

A Oxfam se tornou umas das organizações não governamentais internacionais líderes no trabalho de ajuda humanitária para pessoas em situações de emergência no mundo. Hoje, é uma confederação de 20 organizações presentes em 94 países e que atuam pela redução da pobreza, erradicação da fome e das desigualdades.

Em parceria com outras organizações, a Oxfam faz parte de um movimento global que busca mudanças que criem condições estruturais para um desenvolvimento em favor dos direitos humanos e das transformações sociais necessárias para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. 

 

Afiliadas