Publicações

Guia para o monitoramento e mensuração da cooperação Sul-Sul brasileira

A publicação é fruto de trabalho colaborativo de pesquisa, formação e diálogo entre organizações da sociedade civil e pesquisadores. O guia propõe uma metodologia de trabalho para acompanhamento e melhor compreensão das diversas frentes da cooperação Sul-Sul brasileira, por meio do orçamento público federal.

Aprimorando o monitoramento e a mensuração dos fluxos da cooperação Sul-Sul do Brasil

Documento traz reflexões para subsidiar a construção de uma metodologia de monitoramento e mensuração do orçamento da cooperação Sul-Sul brasileira e contribuir para um diálogo e engajamento crítico da sociedade civil no tema.

Uma economia para os 99%

Novas estimativas indicam que o patrimônio de apenas oito homens é igual ao da metade mais pobre do mundo. Enquanto o crescimento beneficia os mais ricos, o restante da sociedade – especialmente os mais afetados pela pobreza – sofrem. O desenho e a estrutura das nossas economias e os princípios que dão base a decisões econômicas nos levaram a essa situação extrema, insustentável e injusta.

Desigualdade Em Movimento

Nos mês de janeiro, a Oxfam Brasil, Centro de Estudos da Metropole e o Le Monde Diplomatique Brasil lançam o encarte especial Desigualdade em Movimento. Nele, convidamos você a pensar sobre alguns dos desafios que os novos prefeitos dos municipios brasilerios irão enfrentar em 2017. Os artigos abordam temas como orçamento público, territorialidades, conselhos municipais, fluxos migratorios, mobilidade urbana, religião e demais desigualdades. 

Batalhas fiscais

Relatório produzido por Oxfam América que expõe os maiores paraísos fiscais corporativos do mundo – exemplos extremos de um destrutivo nivelamento por baixo na tributação de empresas.

Panorama do Monitoramento dos Fluxos da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento

Relatório apresenta estado da arte da mensuração da cooperação Sul-Sul brasileira, e também analisa as principais metodologias de mensuração de fluxos da cooperação tradicional e outras iniciativas-chave do Sul Global que influenciam o contexto brasileiro. O relatório está estruturado de maneira a detalhar como as metodologias de mensuração da cooperação Norte-Sul definem seu escopo (definição e modalidades) e quais as principais reflexões sobre cada uma delas.

Terrenos da desigualdade: Terra, agricultura e desigualdade no Brasil rural

A desigualdade extrema tem múltiplas origens e traz sérias consequências negativas para a garantia de direitos e o desenvolvimento sustentável. Entre suas causas estruturais está a concentração da terra, um fator de preocupação na América Latina e, em especial, no Brasil.

Relatório executivo: Terra, poder e desigualdade na América Latina

Combater a desigualdade é um dos desafios mais urgentes a ser enfrentado pelas sociedades latino-americanas na busca pelo desenvolvimento sustentável. Dificilmente será possível alcançá-lo sem políticas direcionadas a um dos problemas históricos que persistem na região: a extrema concentração do acesso e controle da terra, assim como a distribuição dos benefícios de sua exploração.

Desterrados: tierra, poder y desigualdad en América Latina

Para combatir la desigualdad en América Latina es necesario abordar la extrema concentración en el acceso y control de la tierra y en el reparto de los beneficios de su explotación.

Defensores em perigo

Vários fatores incidem na intensificação da violência contra as pessoas defensoras dos direitos humanos.

Páginas