Notícias

Mobilidade urbana: o desafio para as cidades no século XXI

Artigo de Glauco Peres da Silva, economista e professor e da USP

A mobilidade nos centros urbanos é objeto de crescente preocupação no meio acadêmico e para os gestores de políticas públicas. O adensamento populacional em áreas de pequena extensão relativa, antes sinal de progresso e modernidade, atualmente apresenta problemas sérios de várias ordens que reverberam na capacidade de deslocamento dos indivíduos. A mobilidade urbana deficiente é um problema de múltiplas causas e, portanto, exige esforços em várias direções.

Oxfam está entre as 10 melhores ONGs do mundo

Ranking global classifica organizações a partir de inovação e melhores práticas

Presente em mais de 90 países, a Oxfam ocupa a 7ª posição no ranking Top 500 NGOs World, divulgado anualmente pela NGO Advisor. A última lista, divulgada em dezembro, ordena organizações de todo o mundo a partir de melhores práticas e ideias inovadoras no terceiro setor.

Mapa revela as diferentes cidades dentro da capital paulista

Artigo de Oded Grajew, presidente do conselho deliberativo da Oxfam Brasil

São Paulo é a cidade mais rica do Brasil. Ao mesmo tempo, apresenta vergonhosos indicadores de desigualdade: dos 96 distritos da cidade, 31 não mantêm sequer um leito hospitalar; 34, nenhum parque; e em 36 não há uma biblioteca pública sequer. A diferença entre os indicadores do melhor e do pior distrito chega, em inúmeros casos, a milhares de vezes. A mortalidade infantil é 14,85 vezes mais grave no Pari do que em Pinheiros.

8 homens têm mesma riqueza que metade mais pobre do mundo

Novo relatório divulgado pela Oxfam em Davos aponta para aumento da desigualdade extrema

Apenas oito homens possuem a mesma riqueza que os 3,6 bilhões de pessoas que compõem a metade mais pobre da humanidade, de acordo com um novo relatório publicado pela Oxfam, apresentado hoje na reunião anual de líderes políticos e empresariais em Davos.

A igualdade ainda é um valor a ser perseguido?

Artigo de Luciana Jaccoud, pesquisadora da diretoria de estudos sociais do IPEA

Como destaca Atkinson em livro recente, trajetórias relevantes de redução das desigualdades são dependentes de expressivos gastos e institucionalidades em políticas públicas. Desigualdades não se acumulam aleatoriamente, tampouco se restringem a refletir heranças históricas ou insuficiência de crescimento econômico. Expressam processos sociais e experiências coletivas que têm impactos profundos na dinâmica social.

0,5% dos brasileiros concentram quase 45% do PIB

Estudo analisa tributação, desigualdade e concentração de renda e patrimônio

Brasil tem um dos mais injustos sistemas tributários do mundo e uma das mais altas desigualdades socioeconômicas entre todos os países, onde os mais ricos pagam proporcionalmente menos impostos do que os mais pobres, criando uma das maiores concentrações de renda e patrimônio do planeta.

Brasília ganha Mapa da Desigualdade

Lançamento acontece neste sábado, 3, e busca incentivar debate sobre direito à cidade

Medir a desigualdade nos territórios e servir como uma fonte popular para explicitar a disparidade entre as regiões.

No Brasil, 1% das propriedades detém metade da área rural

Relatório mostra que América Latina é lider mundial na desigualdade no campo

A OXFAM – confederação internacional que luta contra a pobreza e a desigualdade em mais de 90 países – acaba de divulgar o relatório Terra, Poder e Desigualdade na América Latina, comparando o cenário da concentração das propriedades rurais em 15 países da região, com destaque para o Brasil.

Oxfam Brasil e parceiras se manifestam sobre a PEC 55

Confira carta assinada também pelas organizações Conectas, CESR e Inesc

O Brasil fez um progresso significativo no combate à pobreza e à desigualdade ao longo da última década, em grande parte como resultado do investimento público na saúde, na educação e na proteção social. Não coincidentemente, o país vivenciou um grande sucesso econômico nestes anos, apoiado por uma economia crescente motivada pela demanda doméstica.

Nota de pesar sobre a morte de Jean Pierre Leroy

Socioambientalista e educador popular morreu nesta quinta-feira, 10, no Rio de Janeiro

Morreu nesta quinta-feira, 10 de novembro,  o socioambientalista Jean Pierre Leroy, uma das mais ativas e importantes lideranças na luta por justiça social e ambiental no Brasil. 

Jean Pierre chegou ao país na década de 1970 e desde então esteve à frente de importantes movimentos por justiça social. Teve papel chave no apoio aos movimentos sociais brasileiros e na luta pela reforma agrária e na defesa das populações tradicionais na Amazônia. 

Páginas